Psicografias de 2009

M Ã E

Mãe!
Quanta saudade!
Que falta você me faz, pois agora entendo como você sempre me amou. Como você se sacrificou por mim.
Como fui egoísta e cega, não lhe escutando os conselhos. Te achando careta, chata, quadrada.
Ah mãe, que pena. Que pena não ter te escutado. Precisei sofrer, para agora entender o seu carinho, o seu amor, a sua dedicação, a sua renúncia.
Você que sempre me orientou para o bem. E, eu preferi ficar com a minha galera. Galera esta que só ajudou a me afundar. E sei que eles sofrem. Que as mães deles sofrem. E, que fiz você sofrer.
O que me consola é que Deus jamais nos abandona. É saber que Deus nos ama e, que você mãe, jamais me esqueceu. Sou grata a Deus por me ter dado uma mãe como você e, hoje eu ter a certeza que jamais te perderei, pois você nunca deixou de me amar. E, que em breve poderei estar de novo contigo. Te abraçar, te beijar, te amar mãe! E agora entendo que a vida é bela.
Na nova oportunidade, certamente saberei te escutar, te dar valor.
Deus nos dá uma mãe, pois a mãe é a representante de Seu amor aqui na Terra.
Agora já me recuperei, trabalhei bastante e aguardo a oportunidade de estar contigo. Te amo, sempre te amarei.

Sua Filha
Júlia

    Mensagem recebida em Reunião Mediúnica da
    Sociedade Espírita Amor e Caridade, em 06/04/2009.
    

Aniversário de 5 anos e Inauguração do Salão

Irmãos amados,

Uma nova etapa desta casa de Amor e Caridade está por se iniciar.
Mais um marco na luta para crescer, porém não se esqueçam da humildade.
Não deixem de lutar pela renovação das atitudes.
A casa cresceu e deverá crescer mais ainda e por conta disto, tem que haver mais união e logicamente respeito mútuo.
Todos são irmãos, ninguém é mais do que ninguém, os títulos a serem usados entre vocês só podem ser irmãos e nada mais.
Críticas devem ser feitas sempre com muito amor e carinho.
Não se esqueçam disto.
A união faz a força, mas sem amor, sem respeito, fica mais fácil quebrar a corrente ou haver desunião.
Amor e Caridade é o lema de vocês e como tal, a responsabilidade é enorme.
Amor pelos companheiros, que amorosamente se disponibilizam para o trabalho, por menor que ele seja.
Amor pelos necessitados, ensinando-os a pescar.
Amor entre vocês, para que vocês cresçam juntos, sem vaidades.
Dêem-se as mãos fortemente, para que os tijolos físicos sejam sustentados pelo amor verdadeiro que deve existir entre vocês.
Unam-se cada vez mais, aprendam a viver e conviver com as diferenças e com as dificuldades que existem entre vocês.
Lembrem-se, ninguém é mais do que ninguém.
Ninguém sabe mais do que ninguém e vocês estão juntos para aprenderem.
Não permitam que o crescimento físico desta casa de Amor e Caridade, destrua aquilo que já foi construído até aqui.
Muitos desistiram, mas muitos chegaram e novas forças vieram se unir a vocês.
Lembrem-se sempre: a união faz a força, mas sem amor, a união não se fará forte.
Que Deus os abençoe.

Um companheiro de jornada


Muitas Voltas

A vida dá voltas.
Voltas, à vida dá.
E nós nestas voltas,
voltamos para cá.

Voltamos para aprender.
Aprender a amar.
Voltamos para nos reencontrar,
com aqueles que precisamos perdoar.

Voltamos também para ajudar.
Ajudar a quem precisa crescer.
Crescer para chegar lá.
Chegar lá e poder dizer,
que afinal aprendeu a amar.
Aprendeu a perdoar.

Voltamos para deixar de lado
o orgulho e a vaidade
que cresceram com a idade,
e precisam deixar de estar lá.

Voltas e mais voltas à vida dá.
E nós chegaremos lá.


    Mensagens recebidas em Reunião Mediúnica da
    Sociedade Espírita Amor e Caridade, em 06/07/2009.
    

 

Iluminar a morada do Pai

Irmãos amados,
Quando vamos receber uma visita, enfeitamos a casa, tornando-a agradável , para que o visitante sinta-se bem.
Estaremos fazendo a mesma coisa com a morada de Deus, nosso Pai misericordioso?
Parece que não.
Para que esta morada seja agradável, iluminada, temos que buscar o auto conhecimento, o auto amor, o auto perdão.
A busca constante pela reforma íntima, num movimento contínuo , para eliminar nossos defeitos, nossos vícios morais.
É a busca pela felicidade, pela iluminação interior.
Tarefa árdua, difícil mas, que nos proporcionará alívio para nossas dores e alegria interior.
Iluminar a morada do Pai com ações caridosas.
Perfumar a morada do Pai com atitudes amorosas.
Enfeitar a morada do Pai com benevolência,indulgência e a prática do perdão.
Vamos abrir as janelas de nossa alma para mostrar que alí, mora o Pai misericordioso que só deseja o nosso bem e que aprendamos a Amar.
Muita luz e harmonia para todos nesta busca da iluminação interior

    Mensagem recebida em Reunião Mediúnica da
    Sociedade Espírita Amor e Caridade, em 05/09/09.
    


 

Espíritas!

Lembrem-se da vigilância!

Em nossos momentos atuais devemos cuidar muito deste item, para que não fiquemos tipo uma turba alucinada.

Atualmente a psicosfera do planeta é muito difícil e se nós não nos vigiarmos corremos o risco de esquecermos orientações importantes que já conhecemos e comprometermos mais ainda situações difíceis, comprometendo assim a própria evolução.

Vigiemos nossas tendências, nossos pensamentos, nossas ações. Oremos, como a oração é importante, pois em nossos momentos difíceis, é através da oração que conseguiremos sair desta sintonia da turba e alçarmos nossos pensamentos para nossos amigos espirituais.

Sintonizarmos também com a natureza, deveríamos ter o hábito de observar o céu, as aves, o sol, as estrelas, a lua, os animais e, observarmos nós mesmos. Assim além de nos ajudarmos, iremos colaborar com nossos pensamentos, com nossas preces, fazendo a nossa parte na luta pela melhoria da psicosfera de nosso planeta.

Se todos os espíritas assim procedessem seria de grande valia para o nosso planeta terra.

Lembrem-se, na beleza e harmonia da natureza iremos sentir Deus, perceber Deus, pois estaremos percebendo a grandeza de sua obra que nós estamos ajudando a destruir.

Vamos manifestar o nosso amor a Deus através do respeito a sua obra, agradecer ao Pai por fazermos parte dela.

Espíritas, não esqueçam de amar, amarem a si mesmo, ao próximo, a Deus e a este planeta maravilhoso.

Um Amigo

    Mensagem recebida em Reunião Mediúnica da
    Sociedade Espírita Amor e Caridade, em 31/08/09.
    


F é

Irmãos amados,

Para todo início, existe um fim.
Fim de um ciclo que se inicia, para outro começar.
Nenhuma dor é eterna.
Acreditem, vocês nunca estão sozinhos.
Entendam isso de todo vosso coração, de toda vossa alma.
Não façam como muitos que falam, mas não sentem.
Deus, que é todo poder e bondade, não abandona nenhum de seus filhos.
Sabe dos passos, do caminhar de cada uma das ovelhas de seu rebanho.
Sabe de cada luta, cada dor, cada sacrifício.
Não pense jamais em esmorecer.
Você tem um motivo de estar aqui. Nada vem sem motivo e vai sem ter um porquê.
Lembrem-se sempre que você veio porque tinha uma missão importante e bonita a aqui cumprir.
Não se importe com os erros e tropeços do caminho.
Para seguir, para estar no caminho reto, é importante ter entendido o porquê dos tropeços.
Nada é em vão.
Que Jesus continue nos abençoando.
E que esta casa de Amor e Caridade continue com toda essa vontade de servir a todos, com o propósito de continuarmos a propagar o nome de nosso Deus, nosso mestre e irmão maior, Jesus, e todos os seus servos continuem ligados pela fé e pela compaixão.

Um irmão na espiritualidade.

    Mensagem recebida em Reunião Mediúnica da
    Sociedade Espírita Amor e Caridade, em 17/07/2009.
    

 

Arregaçar as mangas

O caminho é difícil a jornada árdua, mas com perseverança conseguiremos a renovação.
Renovar atitudes, em busca do aprimoramento moral, para um dia atingirmos a felicidade.
Felicidade do encontro com Deus na intimidade do nosso Eu.
Difícil  deixarmos para trás nossas imperfeições, mas trabalhando arduamente haveremos de atingir o estágio de espíritos puros, nos preocupando unicamente com o Bem.
É verdade! O caminho é difícil, pedregoso, cheio de obstáculos, mas temos as ferramentas necessárias para vencer os obstáculos e destruir as pedras.
Buscar constantemente o aprimoramento espiritual, por difícil que pareça ser, é viável de se atingir.
Necessário se faz arregaçar as mangas, colocar mãos à obra e partir para a viagem da renovação.
A bagagem para esta viagem é a vontade de vencer e poder finalmente dizer: Eu consegui!
Vida após vida, assim com degrau após degrau, subiremos a montanha da evolução e ao chegarmos ao topo, olharempos para trás e veremos que, apesar de todas as dificuldades, de todos os desafios conseguimos melhorar, um pouco que seja.
A paz do dever cumprido, a sensação de completude, nos darão forças para continuar smpre, não esquecendo, entretanto, de ajudar aos irmãos que precisarem.
Muita paz a todos.

    Mensagem recebida em Reunião Mediúnica da
    Sociedade Espírita Amor e Caridade, em 12/11/09.
    


 

Patati patatá!

Patati patatá
Vamos todos para lá
E de lá para cá
Vamos todos retornar
 
Retornar para aprender
Aprender a amar
Amar sem desejar
Nada trocar
 
Amar por amar
Desejando ajudar
Ao irmão de caminhada
Naquili que precisar
 
Precisar para evoluir
Evoluir e chegar
À felicidade
Independente da idade
 
Patati patatá
Vamos todos para lá
E de lá para cá
Vamos todos retornar

    Mensagem recebida em Reunião Mediúnica da
    Sociedade Espírita Amor e Caridade, em 12/11/2009.
    

 

Search

Recent Post